Comprar ou alugar: qual é o melhor quando se trata de carros?

15
Comprar ou alugar: carros

Olá Poupadores, o mercado de aluguel de carros está cada vez maior e recentemente várias empresas estão oferecendo serviços mensais de aluguel. A pergunta que fica é: será que, financeiramente, vale mais apena alugar ou comprar? Nesse artigo vamos esclarecer essa dúvida.

Antes de começarmos é preciso informar que existem diversos perfis de usuários, variando principalmente pelo segmento do automóvel, quilômetros rodados e tempo de troca.

Para nossa análise escolhemos o cenário que abrange o maior número de pessoas, isto é, carro de entrada, rodagem de até 12 mil quilômetros por ano e troca de carro, à vista, a cada 3 anos.

Existem diversos serviços ofertando alugueis mensais de carro, no nosso caso usaremos como referência o serviço da Movida. O modelo escolhido será o Fiar Mobi Like 1.0 Fire Flex 5p.

O que será comum, comprando ou alugando, os gastos com combustível. Esse gasto não entra na conta, pois será o mesmo independentemente da modalidade.

Para esse veículo a oferta apresentada é de R$ 712,20 mensalmente até o 6° mês e R$ 1.026,30 do 7° ao 36° mês, perfazendo um valor total de R$ 35.062,20 ao longo dos 3 anos. O que já está incluso? IPVA, Manutenção, Seguro, Licenciamento e emplacamento. Lembrando que ao final do prazo o carro é devolvido, ele não é seu.

Alugar traz também a vantagem do custo de oportunidade, você não precisa gastar todo o dinheiro na aquisição, fará o pagamento mensal e enquanto isso poderá deixar o dinheiro investido, ganhando juros. Considerando uma taxa média de juros de 5% a.a. o ganho seria de R$ 5.140,66, subtraindo do valor total das mensalidades o valor gasto real seria de R$ 29.921,54.

Se optar por comprar, o mesmo veículo custa R$ 49.090,00. Considerando que daqui a 3 anos o carro será trocado, calculamos a desvalorização comparando com a mesma versão do ano de 2018 A desvalorização no período foi de R$ 13.879,00 equivalente a 28,27%.

O Custo de IPVA (2 anos) estimado será de R$ 2.081,43, de acordo com a taxa de 2,5% do Estado de Sergipe. Esse imposto varia entre 2-4% sobre o valor do veículo de acordo com cada estado, consulte aqui.

Com as revisões de manutenção do veículo será gasto R$ 1.512,00. No emplacamento e licenciamento será desembolsado mais R$ 750,00.

E no seguro, vamos considerar 5% do valor do veículo, em 3 anos, levando em conta a desvalorização, o valor total é de R$ 6.617,98. Lembrando que esse valor varia muito de acordo com localidade e perfil do condutor, faça sua simulação para adequar a sua realidade.

E somado a tudo isso, temos ainda o custo de oportunidade, se no aluguel ele é positivo, na compra ele é negativo, já que todo o dinheiro será gasto na compra e não será ganho nenhum centavo com juros. São mais R$ 5.140,66 de custos.

Por outro lado, depois de 3 anos o carro continua sendo seu, e ele possui um valor vendável, nesse caso de R$ 35.211,00.

Então vamos fechar as contas: R$ 49.090,00 do preço de compra, mais R$ 16.102,07 dos custos (incluindo o custo de oportunidade), menos o valor de venda R$ 35.211,00. Total de R$ 29.981,07.

O resultado mostra praticamente um empate entre ambos, gastos de R$ 29.921,54 através do aluguel contra R$ 29.981,07 na compra.

Existem algumas questões que irão pesar para um lado ou para o outro. Vamos a eles.

No cenário da nossa análise é melhor alugar o carro, pois não há qualquer preocupação com custos corriqueiros do veículo ou ainda com a burocracia da troca do veículo. Se por ventura o valor do seguro, de acordo com seu perfil, ficar mais caro do que o apresentado, melhor novamente para o aluguel. Se o custo de oportunidade for maior do 5% a.a., melhor para o aluguel. Se pretende trocar de carro a cada 3 anos ou menos, melhor o aluguel. Se você vai financiar o carro, bem melhor o aluguel.

Por outro lado, se o custo do seguro for muito menor, vale a pena comprar. Se o custo de oportunidade for bem menor que 5% a.a., também vale a pena compra. Se pretende ficar acima de 3 anos com o mesmo carro, conheço pessoas que ficam mais de 5 anos, muito melhor comprar. Se for rodar mais de 12 mil quilômetros por ano, melhor comprar. Se você dar muito valor a ter o bem, também é melhor comprar.

É isso, Poupador, espero que tenha esclarecido a dúvida de muitos de vocês. A melhor opção vai acabar dependendo do seu perfil.

Tem alguma consideração que deixamos de fora? Ficou surpreso com o resultado? Pretende comprar ou alugar? Comenta aqui em baixo.