Mais um passo rumo a independência financeira

84

Olá, Poupadores! Venho trazer mais uma atualização mensal do meu patrimônio.

A bolsa de valores fechou, novamente, no azul, terceiro mês de alta. Patrimônio cresceu, dessa vez, 2,29%, acumulando valorização de 8,30% em 2022. Contribuiu para o resultado a compra de um notebook (+R$1350,00), valorização do veículo (+R$496,77), redução de dívidas (-R$2.116,70) e 56,55% da receita poupada.

A seguir, você confere isso em detalhes.

Saiba mais sobre o que é a Jornada da Riqueza e como medir sua riqueza de verdade.

Indicador de Ativos Geradores de Renda

Este indicador mostra, em percentual, quanto o seu dinheiro está trabalhando para você. Quanto maior o percentual, melhor.

O indicador caiu, de 78,2% para 77,73%, basicamente pela venda de ativos no fim do mês e graças ao carnaval fiquei sem direcionar o dinheiro da venda para outros investimentos.

Indicador de Endividamento

Este indicador é dado pela soma total de passivos dividida pela soma total de ativos. Ele é responsável por mostrar como o seu aumento patrimonial está sendo financiado: com dinheiro próprio ou através de empréstimos de bancos, financeiras, cartões, etc. Saiba mais sobre a taxa de endividamento.

O indicador teve mais uma queda, voltando novamente para a faixa dos 1%. Sem novidades, a queda aconteceu pelo pagamento de contas realizados no crédito.

Indicador da Riqueza

Este indicador serve como um termômetro da independência financeira. Ou seja, viver apenas do rendimento dos investimentos. É preciso prestar bastante atenção a este indicador caso você deseje viver somente de rendimentos. A partir de março de 2020, o período de comparação foi estendido para 24 meses. E em maio de 2021 o período foi estendido para 36 meses.

Indicador teve alta, chegando a 23,98%, reflexo do crescimento da renda passiva e ganhos de capital maiores durante o período de comparação.

Depreciação

Também faço a depreciação mensal de boa parte dos meus bens, pelo menos dos que têm algum valor. A depreciação, em resumo, é o custo do uso do bem ao longo do tempo. Saiba mais sobre depreciação. Quanto menor o valor, melhor, pois preciso gastar menos dinheiro para manter o mesmo padrão de vida.

Novamente voltamos a ter valorização dos nossos bens, novamente, pela valorização do veículo. Com esse resultado, agora o veículo representa 9,83% do meu patrimônio, abaixo dos 10% desejados.

Patrimônio Líquido

Meu Patrimônio Líquido (descontadas as dívidas) valorizou 2,29% em fevereiro. Contribuiu para o resultado a compra de um notebook (+R$1350,00), valorização do veículo (+R$496,77), redução de dívidas (-R$2.116,70) e 56,55% da receita poupada. Pesou negativamente a rentabilidade negativa de 1,11% dos investimentos.

Apesar da rentabilidade negativa nos investimentos, terminamos o mês com mais um crescimento patrimonial, no acumulado o resultado é de +8,30%, o que nos coloca em uma posição confortável quanto a meta, mesmo que venhamos a ter um mês difícil.

Vamos ver como o mercado brasileiro irá reagir quanto a guerra iniciada pela Rússia sobre a Ucrânia, o que podemos ter certeza, por enquanto, é que março será um mês de grande volatilidade.  

É isso, vamos com tudo poupador! Não deixe de nos acompanhar pelo instagram para ficar por dentro do mundo dos investimentos. Até a próxima!

Artigo anteriorDescubra agora como viajar de ônibus muito mais barato
Próximo artigoVale a pena comprar um carro novo pensando na economia de combustível?