Renda passiva recorde!

266

Olá, Poupadores! Venho trazer mais uma atualização da minha jornada da riqueza.

Finanças

Em março, houve crescimento de apenas 0,89% na renda com relação ao mesmo período do ano passado. Explicado, pelo crescimento de nossos salários (+4,54%), compensado, parcialmente, pela queda de 15,02% nos investimentos. No trimestre a alta é de 16,86%, bem acima da inflação de 4,65% dos últimos 12 meses.

Na ótica das despesas, comparamos com o mês anterior, e, nesse caso, gastamos 0,81% a mais, basicamente nossa viagem para Morro de São Paulo na Bahia, pagamento do IPVA em parcela única e a compra de uma lava-louças.

Para abril também teremos despesas elevadas, dessa vez pela compra de um notebook gamer e parte dos gastos da viagem. Também estamos à procura de comprar um AP, então a qualquer momento poderá surgir despesas relacionadas.

 

Subtraindo as despesas dos nossos ganhos, conseguirmos poupar 62,86% de nossa renda.

Renda Passiva

Tivemos renda passiva (sem trabalhar) de R$ 2.948,50. Com esse resultado, no acumulado de 12 meses, nossa média mensal subiu para R$ 2.136,22. Avançamos pouca coisa nesse primeiro trimestre, todavia o grosso da renda dos investimentos em renda variável virá em maio, junho, novembro e dezembro. Estamos distantes da meta de R$ 2.996,57, mas seguimos confiantes que vamos alcança-la.

Investimentos

Em março a bolsa caiu 2,91%, e nossa carteira, olhando exclusivamente para ações, caiu 3,42%. No acumulado deste ano, passamos a perder para o iBovespa com 2,1% de diferença.

Consolidando renda fixa + renda variável, tivemos uma rentabilidade de -1,88% em março.

A proporção entre renda variável e fixa ficou, respectivamente, 67,55% v.s. 32,45%, uma variação de 1,4% a favor da renda fixa. Vamos seguir priorizando a renda variável, apesar disso está sendo difícil chegar ao patamar desejado de 75%.

A quantidade de ativos na carteira permaneceu subiu para 37 ativos com a adição de Fundo de Infraestrutura JURO11. A alocação está da seguinte forma:

As ações da Prio (PRIO3) continuaram a cair e nos aproximamos dos 15% na carteira, com isso a empresa está apta a receber novos aportes.

Realizamos apenas uma operação de venda no mês, da Valid (VLID3) por R$ 9,33, dessa vez com prejuízo de R$ 217,09. Esse é um dos ativos que coloquei para desinvestimento e estarei fazendo a saída parcial nos próximos meses, independente de lucro ou prejuízo.

Melhores ações da carteira para comprar: ABCB4, CSUD3, KLBN4, ITSA4 e PRIO3.

Riqueza

Com o resultado da poupança somado ao resultado dos investimentos, nosso patrimônio líquido subiu 1,55%.

O resultado do primeiro trimestre foi bom, ainda mais se considerarmos todas as turbulências vividas nesses primeiros três meses. Apesar disso conseguimos avanço de 3,77% no patrimônio líquido e crescimento de R$ 88,92 na renda passiva. Ambos os resultados estão abaixo do que esperamos, entretanto basta um mês bom na renda vaiável para virarmos o jogo completamente.

É isso Poupador, seguimos na jornada da riqueza mês a mês, sem atalhos, rumo ao milhão. Não deixe de nos acompanhar pelo Instagram e youtube para ficar por dentro do mundo da educação financeira e dos investimentos. Até a próxima!

 

Artigo anteriorIPCA versus Inflação Pessoal
Próximo artigoComo escolher ações de boas empresas pagadoras de dividendos