Respeito ao teto de gastos e renda passiva mensal acima de R$ 1 mil

100
O que eu faço para administrar o meu patrimônio e fazê-lo crescer

Confira o meu orçamento com os dados atualizados de dezembro.

Receita caiu e gastos aumentaram, apesar disso poupamos 43,84% da nossa renda. A receita anual ficou 16,26% acima do previsto e as despesas 0,35% abaixo do teto de gastos. Além disso, porém não menos importante, finalizamos o ano com aumento de 32,88% na renda passiva, uma renda média superior a R$ 1 mil.

Abaixo, você confere tudo isso em detalhes, umas dicas financeiras  e aprende a monitorar tudo o que é importante dentro do seu orçamento. Saiba mais sobre a Jornada da Riqueza.

Receitas

Em dezembro, houve queda de 4,77% em relação ao mesmo período do ano passado.

No salário o crescimento foi de 26,66%, sendo parte do aumento por reajuste salário e outra por estar substituindo minha chefe. Entretanto, tivemos queda de 72,44% nos investimentos e de 34,56% na renda da esposa.

Todavia a minha esposa está atendendo em clinicas, além do consultório próprio, isso deve trazer uma maior diversificação e novas fontes de receita para 2022. 

Olhando exclusivamente para a renda através dos investimentos, foi R$ 856,47 contra R$ 3.107,98 do mesmo período do ano passado. Sendo os R$ 849,78 através de renda passiva, o melhor resultado mensal de dezembro até o momento. Portanto, finalizamos o ano com uma média mensal de renda passiva de R$ 1.016,18, 32,88% acima do ano passado. Segue abaixo gráfico atualizado com os proventos distribuídos desde 2017:

Despesas

Ao comparar os meses de novembro e dezembro, houve alta de 38,87%. Em boa parte por causa de nossa viagem para Santa Catarina.

As maiores altas foram em educação (1183,08%), seguida de lazer (359,77%), alimentação (38,15%) e habitação (28,71%).

Com educação pela matricula da minha esposa em um curso religioso. Com lazer pela viagem para Santa Catarina, ficando ainda parte dos gastos para 2022. Em alimentação pesou a compra da ração do cachorro (+R$169,14) e whey protein (+R$155,89). E habitação, basicamente pela hospedagem do nosso cão durante nossa viagem, dessa vez optamos por deixa-lo com um cuidador, dividimos esse gasto em dezembro e janeiro.

Já redução de gastos ocorreu, basicamente, pela categoria ‘outros’ (-38,99%), por causa das taxas referentes a mudança de união estável para casamento em novembro.

O percentual de poupança ficou em 43,84%, dentro da média.

Orçamento

Finalizado o ano, terminamos com receitas 16,26% acima do previsto e despesas 0,35% abaixo da previsão. Uma boa combinação, o percentual poupado terminou em 47,44%, o que considero muito e bom e bem acima do que a média do brasileiro.

Assim, temos o cenário conforme imagem abaixo.

Como pode ser visto não é um resultado perfeito, afinal as despesas em algumas categorias ultrapassaram 100%, porém não estou buscando a perfeição. No fim o que importa é que no total gastei menos do que o teto de gastos.  

É isso, estamos finalizando nosso orçamento de 2022 e no próximo artigo falarei mais sobre ele.

Até a próxima, Poupadores! Conte conosco para quaisquer dúvidas.

Artigo anteriorMais um ano de meta alcançada
Próximo artigoSuperamos, com folga, os principais índices da bolsa de valores brasileira