Wiz: novas parcerias geram resultados

19
Tudo o que você precisa saber sobre a Wiz

Olá Poupadores! Neste artigo vamos atualizar nosso estudo sobre a Wiz com os resultados até o primeiro trimestre de 2022, cinco trimestre após nossa última análise. Vamos verificar o que mudou de lá para cá.

Clique aqui para ver nosso primeiro estudo sobre Wiz e aqui para a segundo.

Quero começar dizendo que felizmente minhas projeções foram bem mais pessimistas do que o realizado pela empresa, a começar pelo lucro acumulado de 2020 e 2021, estimado em R$ 350 mi quando veio R$ 382 mi, quase 10% acima.

Além disso, esperava quedas acentuadas nos lucros até 2024, mas agora espero quedas menos acentuadas e por um período mais curto, sendo possível a empresa voltar a lucros crescentes já em 2023. Mais uma boa notícia.

Tudo isso graças a velocidade com que a Wiz tem fechado boas e grandes parcerias, atenuando os impactos com a perda do balcão da caixa e colocando a empresa de volta nos trilhos do crescimento e com muito mais segurança do que antes. Confesso que fiquei cético no início, mas desde então foram só notícias positivas, vamos a elas:

  • Parceria com o banco Itaú para a distribuição de consórcios, gerando resultados a partir do 4T21;
  • Em setembro de 2021, a companhia anunciou a criação de uma joint venture chamada BenTech. A Wiz será detentora de 49,9%, ao passo que o restante ficará com a LG Lugar de Gente, empresa de tecnologia voltada à gestão de pessoas;
  • A Wiz adquiriu 50,1% da BRB Seguros, com exclusividade por 20 anos para comercialização dos produtos de seguridade nos canais do banco BRB. No 1T22 essa parceria adicionou R$ 41,2 mi de receita bruta e R$ 13,4 mi de lucro para a Wiz;
  • Em janeiro de 2022 concluiu a aquisição das corretoras Águas de Manso, ASF Corretora, LL Corretora, Orbis Adviser e Universa Corretora;
  • Em 14 de abril de 2022, foi anunciado a celebração de um contrato com o Paraná Banco para aquisição de 40% do capital de uma nova corretora de seguros por R$ 43,56 milhões, com direito de exclusividade de exploração pelo prazo de 10 anos para a rede de distribuição do banco;
  • Em 28 de abril de 2022, a Wiz comunicou parceria com o Grupo Omni para comercialização de seguros por meio dos canais do Grupo Omni, com exclusividade de 10 anos, pagando R$ 34,7 milhões pela joint venture que compõe o negócio.
  • Compra de 50,1% do capital da GClaims, uma plataforma para regulação de sinistros em diversos ramos;
  • Anúncio de joint venture com o a Polishop com exclusividade de 10 anos para comercialização de produtos de seguridade nos canais de distribuição da varejista. Aquisição de 50% do negócio por aproximadamente R$ 50 milhões.

Como vocês viram, muita coisa aconteceu em pouco mais de um ano e a empresa se reinventou muito mais rapidamente do que imaginava. É verdade que muitas das parcerias firmadas ainda estão em amadurecimento, todavia, pelos resultados apresentados até aqui, sigo cada dia mais confiante com o negócio.

Para 2022, no Wiz Day, a companhia anunciou projeção de receita bruta entre R$ 920 milhões e R$ 1 bilhão. A princípio fiquei desconfiado, mas no 1T22 a empresa já entregou receita bruta de R$ 234 milhões me deixando bem mais confortável com a projeção.

Lembrando que desde 15 de agosto do ano passado a Wiz não tem novas receitas a partir do balcão da caixa, restando apenas o Estoque das vendas realizadas. No 1T22, o Estoque foi responsável por aproximadamente R$ 60 milhões (26%) dos R$ 234 milhões de receita bruta.

Portanto, com todas essas informações, vamos a minha nova precificação do negócio.

Para começar espero um lucro líquido de R$ 150 milhões para 2022, crescimento de 10% para 2023, crescimento de 14% a.a. entre 24-26 e depois 7% ao ano para os demais anos. Em uma década a expectativa é de R$ 2,46 bi de lucros, R$ 2,4 bi descontando a dívida líquida. Dividindo o lucro acumulado pelo número de ações chego ao valor de R$ 15,07 por ação.

 

Projeção de Lucros da Wiz
Projeção de lucros da Wiz

Entretanto, temos uma baixa previsão de resultados, afinal não sabemos como serão os resultados de todas essas parcerias e quais serão as novas margens da empresa quando esses negócios estiverem maduros. Assim, me sinto confortável utilizando 30% de margem de segurança, portanto, o meu preço teto será de R$ 10,55 por ação.

É bom deixar claro que não é uma recomendação de compra ou venda. Apenas estou trazendo informações públicas, meu racional de investimento e expectativas. Sinta-se livre para discordar e fazer sua própria análise a partir das informações apresentadas.

Até o próximo estudo! Antes de ir não esquece de deixar o like e contar para gente o que achou. Faz sentido investir nessa empresa de acordo com sua estratégia de investimentos? Deixa aqui embaixo um comentário.

Artigo anteriorMelhor renda passiva mensal de todos os tempos
Próximo artigoResultados do 1T22, vale apena investir na Oi (OIBR3)?